Tela de Proteção para Gatos

Tela de Proteção para Gatos

O sistema de Tela de Proteção para Gatos no Tatuapé das  empresas de rede fornece uma ótima solução para proteger seu pet ou criança. 

Certamente isso ajuda a proteger seu filho (também adultos) de cair da janela, varanda, terraço ou escada.

A rede de segurança para crianças reúne qualidade e confiabilidade com tecnologia e materiais inovadores. É seguro, confiável, bem desenhado e bonito.

Tela de Proteção para Gatos

Tela de Proteção para Gatos

O sistema consiste em tiras de ancoragem e uma rede de nylon polietileno altamente resistente e durável. 

Materiais modernos e de alta qualidade e sistema de ancoragem permitem que esta rede (menos de 3mm) tenha uma grande resistência radial – no mínimo 140 kg / m² para rede monofilamento.

Concerteza é muito mais do que necessário para evitar que uma criança ou mesmo um adulto caísse.

O encadeamento das redes permite que a tela permaneça funcional, mesmo que uma linha da rede seja cortada. A rede não vai continuar a destruir.

Tanto as redes como as fixações, foram tratadas para resistir ao dano solar. Além disso, não há bordas afiadas que possam prejudicar seu filho.

A Tela de Proteção para Gatos  é adequada para uso interno e externo – em qualquer lugar, seus entes queridos precisam de proteção contra espaços abertos a mais de dois metros acima do solo.

É discreto e se mistura facilmente no interior e exterior sem bloquear a luz ou o fluxo de ar. A rede de proteção Tatuapé não requer manutenção.

Na maioria dos casos, nossa rede pode ser facilmente instalada com o uso de ferramentas básicas: uma broca, chave de fenda, fita métrica, lápis e tesoura.

O sistema de rede é seguro e confiável?

O sistema de Rede de Segurança Tatuapé foi testado, aprovado e certificado pela Falcão Bauer, (Centro Tecnológico de Controle da Qualidade) e ABNT. Passou com êxito nos seguintes testes de qualidade e confiabilidade:

  • Norma de segurança NBR 16.046-1/2012
  • Ensaios de resistência ao comportamento mecânico coletivo CCC /288.313/17 (número de ordem de trabalho 288,313/2017)
  • Ensaio comparativo de energias de impacto
  • Teste de envelhecimento conforme as regras
  • Teste dinâmico do impacto do corpo macio
  • Capacidade de absorção de energia da rede de acordo com Instituto Falcão Bauer 1263-1.2004 Secção UNF EN ISO 9001 / 9002: 2003
  • Teste estático de resistência a redes de acordo com Falcão Bauer

 

Redes de Proteção na Encino Councill

Redes de Proteção na Encino Councill

No inicio da semana nós da Encino Concil, realizamos a compra da redes de proteção para janela com o melhor preço, fomos muito bem atendidos pela equipe da empresa que nos forneceu e instalou as telas de proteção.

É necessário olhar alguns aspectos antes de contratar, observar o material a ser instalado, verificar se a rede é de polietileno, se o gancho foi fechado após a instalação das telas.

Redes de proteção para janela

Consideramos instalar as redes de proteção,  em nossos ambientes por que filhos de colaboradores vem visitando nossa sede, e em relação ao publico de modo geral que a todo instante esta em nossos ambientes.

redes de proteção

A empresa que nos ateneu foi a Rede & Cia, que fez um belo trabalho agora nossas dependências encontra-se mais segura.

rede de proteção

SABRINA SATO RESPONDE A PERGUNTAS DE MATERNIDADE | MACETES DE MÃE

SABRINA SATO RESPONDE A PERGUNTAS DE MATERNIDADE | MACETES DE MÃE

A gravidez da Sabrina Sato não é mais novidade para ninguém, mas será que ela está preparada? Não deixe de conferir esse vídeo especial que gravei com essa querida, testando seus conhecimentos sobre maternidade!

Não deixe de conferir o canal da Sabrina: youtube.com/CANALDASABRINASATO

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).

Confira outros vídeos que você irá curtir:

RECÉM NASCIDO – 10 DICAS INCRÍVEIS PARA MÃES QUE ACABARAM DE TER UM BEBÊ

GRAVIDEZ – 30 COISAS PARA FAZER ANTES DO BEBE CHEGAR

SEXO NA GRAVIDEZ – 7 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER

COMO ALIVIAR A CÓLICA DO BEBÊ

POSIÇÕES PARA FAZER O BEBÊ ARROTAR

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com) and Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

A IMPORTÂNCIA DA GENTE SE CONHECER | MACETES DE MÃE

A IMPORTÂNCIA DA GENTE SE CONHECER | MACETES DE MÃE


Quer saber mais sobre contracepção de longo prazo?
Acesse: https://goo.gl/zmuQEx

Se tem uma tecla na qual eu sempre bato é a do auto-conhecimento. Eu gosto de dizer que o autoconhecimento é a chave de tudo. Tudo começa pelo autoconhecimento. Quando a gente sabe como funciona, do que gosta, o que é o melhor para nós, tudo flui muito mais fácil.

Para mim um exemplo claro disso é o hábito da corrida, que eu consegui inserir na minha rotina já há algum tempo.

Eu fui uma criança e adolescente sedentária. Não curtia fazer exercícios, achava aquilo árduo e, para mim, o pain era sempre muito maior que o gain nessa equação.

Mas o tempo foi passando, fui tomando consciência da importância dos exercícios físicos não só para a minha saúde física mas também mental, e aí decidi que eu realmente precisava fazer algo. Precisava encontrar algo que eu curtisse fazer, porque teria que virar um hábito.

Foi aí que testando, experimentando, e por influência de uma querida amiga, descobri que eu curtia correr.

Comecei a correr, primeiro na esteira, depois na rua de vez em quando, até que agora eu corro todo santo dia, faça chuva ou faça sol, faça frio ou calor, no parque perto da minha casa.

Mais do que descobrir que gosto de correr, eu descobri que gosto de correr de manhã. Bem cedinho, antes do dia começar. Ou seja, para mim, não basta ser corrida, tem um horário certo para ela acontecer para me dar prazer.

E como eu descobri tudo isso? Me observando, testando, experimentando e avaliando como cada uma daquelas coisas exercia poder sobre mim. E, claro, fazendo um acompanhamento da minha saúde, com um médico, para garantir que a minha tentativa de ser mais saudável não acabaria virando a causa de um problema físico (a corrida, assim como muitos outros exercícios, requer alguns cuidados, então me preparei para isso).

Hoje, tenho plena consciência que esse autoconhecimento é importantíssimo para tudo na nossa vida: para a nossa saúde, nossos relacionamentos, nosso trabalho, nossa relação com nossos filhos. E eu tento sempre, mas sempre mesmo, buscar me conhecer mais e melhor para que eu consiga colocar entregar ao
universo o que de melhor há em mim.

Pensando um pouco sobre tudo isso, sobre a importância de se conhecer, se cuidar e de contar com o acompanhamento de um profissional que zela pela nossa saúde, acabei me atentando para outra forma de cuidado importantíssimo para nós, mulheres: o método contraceptivo que melhor funciona para nós.

Se estamos em idade fértil e se não queremos ter filhos ou não queremos mais ter filhos (meu caso, estou bem feliz com Leo e Caê) temos que avaliar, com muito cuidado, as opções contraceptivas que temos ao nosso dispor. E para tomar essa decisão duas coisas são fundamentais: primeiro, o autoconhecimento, que eu citei lá no início (como eu funciono, do que eu gosto, o que me faz bem), e não menos importante, a orientação de um obstetra ou ginecologista capacitado, que irá fazer uma investigação minuciosa e detalhada para chegar à conclusão, junto com a gente, do que é o melhor para
nós.

Por aqui, o método contraceptivo escolhido por nós é a camisinha até que o marido faça a vasectomia. Não queremos mais ter filhos, nos adaptamos à camisinha, então para nós funciona bem assim. Ouvi falar de outros métodos como a pílula e os anticoncepcionais de longo prazo como os DIUs e o implante, por exemplo… Mas preciso me aprofundar um pouco mais no assunto. E você já ouviu falar? Sabe se funciona para você?

Minha dica é: pense sobre essas questões e procure seu ginecologista ou obstetra para discutirem o assunto. Juntos vocês chegarão à melhor alternativa considerando seu estilo de vida e também o atual momento da sua vida. E não se esqueça nunca: tudo começa com autoconhecimento e cuidado. A partir daí, uma gama enorme de mudanças positivas acabam acontecendo.

Bom, espero que tenham curtido mais esse vlog aqui do canal, cheio de inspiração e insights para mulheres que sabem que são importantes e merecem cuidados com a saúde e principalmente com o anticoncepcional a ser escolhido.

#melhorparamim #procureseumedico #conheca #anticoncepcionaldelp #itsmychoice

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).
Confira outros vídeos que você irá curtir:

CUIDAR DE SI TAMBÉM É SER MÃE

VOLTANDO A TRABALHAR FORA DEPOIS DE TER FILHOS

COMO COMECEI A CORRER

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com) and Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

AMIGDALA E ADENÓIDE: TUDO SOBRE A CIRURGIA DO CAÊ | MACETES DE MÃE

AMIGDALA E ADENÓIDE: TUDO SOBRE A CIRURGIA DO CAÊ | MACETES DE MÃE

Muitas seguidoras me pediram para falar um pouco sobre a cirurgia de amídala e adenóide que o Caê fez no início desse ano. E como havia muitas informações para compartilhar e detalhes para dar, achei melhor gravar um vídeo. Assim, vocês ficam por dentro de todos os pormenores e, se ainda ficarem com alguma dúvida, podem me perguntar no espaço para comentários que farei todo o possível para responde-las.

Ah, e como no vídeo eu falo sobre a perda auditiva passageira que o Leo teve (o que acabou nos fazendo descobrir o probleminha do Caê), achei melhor compartilhar com vocês o texto que escrevi sobre isso no blog. Veja: https://www.macetesdemae.com/perda-auditiva-em-criancas-otite-media/

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).
Confira outros vídeos que você irá curtir:

COMO ESCOLHER UM BOM PEDIATRA PARA SEU FILHO

COMO LIMPAR O NARIZ COM SORO FISIOLÓGICO E SERINGA

7 MEDIDAS PARA ACABAR COM A TOSSE

10 SOLUÇÕES CASEIRAS PARA AMENIZAR GRIPE E RESFRIADOS

REAÇÃO A VACINAS NAS CRIANÇAS – COMO AJUDAR A AMENIZAR
https://www.youtube.com/watch?v=S9PUktXuWFM&t=2s

https://www.macetesdemae.com/
https://www.facebook.com/macetesdemae/
https://www.instagram.com/macetesdemae/

https://br.pinterest.com/macetesdemae/

Produção:
https://www.laranjaazul.com.br/

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com) and Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

8 DICAS PARA FAZER O BEBÊ DORMIR SOZINHO NO BERÇO | MACETES DE MÃE

8 DICAS PARA FAZER O BEBÊ DORMIR SOZINHO NO BERÇO | MACETES DE MÃE

Imagino que o sonho de dez em cada dez mães seja que seu bebê durma sozinho no berço, e por horas e horas. Certo? Então ontem eu compartilho algumas dicas que irão ajudar nisso.

– Acostume o bebê com o berço o quanto antes: É importante que o bebê acostume desde cedo com o berço e o quanto antes isso acontecer, melhor. Como o indicado é que a criança de até 1 ano de idade durma no quarto dos pais (aqui no canal tem um vídeo no qual eu falo sobre isso), você pode colocar o berço do bebê no seu quarto ou pelo menos fazer com que ele tire as sonecas do dia no bercinho. Outra alternativa, que foi o que fizemos aqui em casa, é o bebê desde o primeiro dia em casa já ir para o seu berço no seu quartinho e, aí, a mãe mudar para lá por um período. Depois, quando voltar para o seu quarto, acompanhar o bebê durante a noite através de uma babá eletrônica. Isso garantirá também a segurança do bebê e fará com que ele acostume com o berço desde cedo.

– Crie um ritual de sono: Acho bem importante criar, desde muito cedo, um ritual do sono noturno que é repetido diariamente. E, claro, incluir o berço nesse ritual. Esse ritual, normalmente, engloba os seguintes passos: acalmar o ambiente pelo menos uma hora antes do bebê ser colocado para dormir, dar um banho gostoso e relaxante nele, fazer uma massagem relaxante após o banho, amamentar e acalentar o bebê e coloca-lo no berço para dormir.

– Coloque o bebê ainda acordado no berço: Depois do ritual relaxante que acabei de citar, que deixa o bebê QUASE dormindo, você coloca-o sonolento, mas ainda acordado, no berço e deixa que ele pegue no sono sozinho.

– Se ele chorar, vá atendê-lo mas evite tirá-lo do berço: Nunca, jamais, deixe o bebê chorando no berço. Se depois que você colocou o bebê para dormir no berço ele se mostrar desconfortável e começar a chorar, vá até lá, converse com ele, faça carinho, deixe que ele escute a sua voz. Muitas vezes, ele se acalma sozinho e você nem precisa tirá-lo do berço. Assim que ele acalmar, saia do quarto e deixe-o acordado.

– Se for necessário tirá-lo do berço, acalme-o e volte a coloca-lo no berço acordado: Nem sempre o bebê acalma só com o seu toque e a sua voz dentro do próprio berço e você terá que tirá-lo de lá e niná-lo ou amamenta-lo um pouco. Tire-o do berço, nine-o, acalente-o, amamente-o e, assim, que ele parar de chorar, volte a colocá-lo no berço ainda acordado.

– Utilize a técnica do ninho: Se no início da vida o bebê estranhar muito ficar dentro do berço, tente a técnica do ninho com ele.

– Veja sempre qual é a hora ideal para o bebê dormir: Os bebês têm um horário ideal do sono, que é quando eles estão cansados, mas não estão exaustos, já que quando exaustos eles brigam com o sono e aí que não dormem mesmo.Tente descobrir qual é a hora que seu filho fica no ponto ideal do sono (sonolento, mas não exausto) e aí comece o ritual do sono para colocá-lo para dormir. Normalmente, esse horário do ponto ideal do sono costuma acontecer por volta de 19h para bebês menores e um pouco mais tarde conforme a criança for ficando mais velha.

– Utilize sons que ajudam: coloque para tocar no ambiente um som relaxante, que pode ser tanto uma música calma quanto um som que, para nós, pode soar estranho, como secador de cabelo, lavadora de roupa, som de barulho do útero, som de batidas do coração. Para esses sons, existem aplicativos que você pode baixar ou acessórios que você coloca no quarto do bebê e que tocam o som e, em alguns casos, emitem também luz (mas eu prefiro contar somente com o som). Somente se o bebê não acostumar a dormir sem luz que sugiro que se ligue uma luz mínima, de preferência vermelha, quente, e nunca fria. E muito discreta, para não atrapalhar o sono.

Por fim, alguns outros cuidados importantes:
– não coloque brinquedos dentro do berço,
– não agasalhe demais ou de menos o bebê para dormir,
– não super aqueça o quarto,
– não use cobertores ou mantas a partir do momento que o bebê puder puxá-los e se sufocar.
– se for inverno, opte por sacos de dormir de tecidos macios, quentinhos e aconchegantes

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).
Confira outros vídeos que você irá curtir:

PARA O BEBÊ DORMIR MELHOR A NOITE, NÃO PERCA ESSAS 5 DICAS INFALÍVEIS!

ONDE O BEBÊ DEVE DORMIR?

POSIÇÃO IDEAL PARA O BEBÊ DORMIR

DORMIR SOZINHO – COMO ENSINEI MEUS FILHOS A DORMIREM SOZINHOS

5 DICAS PARA CRIAR A ROTINA DO BEBÊ

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com) and Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

10 DICAS PARA TER FILHOS FELIZES | MACETES DE MÃE

10 DICAS PARA TER FILHOS FELIZES | MACETES DE MÃE

Acredito que eu e você temos um desejo em comum: a felicidade plena dos nossos filhos. Ao ler o texto 10 dicas para ter filhos felizes, da autora Alli Worthington, mãe de cinco meninos, percebi que existem coisas fáceis (e que podemos fazer ainda hoje) que vão tornar a infância e a vida adulta deles ainda melhor. Ah, e todas essas dicas têm confirmação científica de que só fazem o bem. Hoje compartilho com vocês 10 dicas para criar filhos felizes. Elas foram inicialmente publicadas no site Babble (https://www.babble.com/babble-voices/want-happier-kids-try-these-10-scientifically-proven-tips/ )

– Tempo de sobra para brincar: Um artigo publicado no American Journal of Play relatou que, de uns anos para cá, o tempo das crianças brincarem diminui muito. A falta de brincadeira, que parece algo inofensivo, afeta o desenvolvimento emocional da criança, levando ao aumento da ansiedade, da depressão e de problemas de atenção e autocontrole.
– Elogie os esforços : Outra dica muito importante é sempre elogiar os esforços, e não necessariamente uma característica da criança. Isso faz com que as crianças sigam tentando fazer as coisas mesmo quando não são tão boas em algo.
– Mantenha tradições: Jantares em família, filmes pelo menos uma vez ao mês, decorações típicas todos os Natais ou comemorações especiais em aniversários… tudo isso passa segurança para a criança e segurança significa felicidade.
– Deixe-os fazer suas próprias tarefas: Não facilite a vida dos seus filhos fazendo o trabalho por eles. Eles têm que enfrentar os desafios, resolvê-los, tentar e até falhar. Tudo isso é importante para o aprendizado. Acompanhar, orientar, estar próximo para tirar as dúvidas e dar uma mão quando necessário é bem vindo. Mas fazer pela criança, jamais!
– Ensine que emoções “negativas” são normais e podem ser até saudáveis: Ninguém gosta de ficar com raiva, triste ou com medo. Mas eles fazem parte do ser humano e aprender que eles são normais e podem acontecer é importante para as crianças. Uma ótima maneira de explicar isso para as crianças é tentar fazer isso quando você está vivendo uma dessas emoções. Então, nesses momentos, diga: “Viu? A mãe pode ficar nervosa com as coisas, também! É apenas parte da vida!”
– Deixe-os errar: Errar significa que você está tendo oportunidades e tentando. E só não erra quem não tenta, não se arrisca, não faz. E nós queremos que os nossos filhos tentem, certo? Que experimentem, tentem e, através disso, aprendam, cresçam e evoluam. É normal errar.
– Não compare: Pode ser tentador oferecer os outros como “exemplo”, mas esse tipo de atitude atrapalha muito mais que ajuda. Em vez de aprender algo com essa comparação, a criança tende a se sentir diminuída e isso não agrega em nada. Na verdade, prejudica. E outro lembrete: as crianças se desenvolvem em seu próprio ritmo e têm o seu próprio temperamento e personalidade.
– Crie memórias felizes: Para criar memórias felizes você não precisa fazer grandes coisas. Basta fazer coisas engraçadas, inesperadas, planejar um tempo especial só com eles, etc. No final, um dia pode ter várias memórias. Torne-as felizes. Isso pode literalmente transformar as crianças em adultos melhores.
– Seja um pai ou mãe feliz: Ser o modelo de felicidade para seus filhos é uma das melhores formas de encorajá-los a serem felizes. Carolyn Pape Cowan e Philip Cowan, marido e mulher, psicólogos da Universidade da Califórnia, concluíram que é possível prever o quão bem as crianças se darão em determinadas áreas (emocional, social e acadêmica, por exemplo). E sabem como eles dizem que podemos prever isso? Observando como são os pais. Segundo eles, as crianças não ficam bem se os adultos não estiverem cuidando de si mesmo e de suas relações.
– Não brigue na frente deles: Os ouvidos das crianças podem ouvir mais do que imaginamos, e as preocupações e incertezas podem fazer com que elas se sintam inseguras. Portanto, mantenha essas discussões em sigilo, para que as crianças possam ser crianças, passando assim pela infância.

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).
Confira outros vídeos que você irá curtir:

5 BRINCADEIRAS DIFERENTES PARA VOCÊ FAZER USANDO BLOCOS DE MONTAR

A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DOS AVÓS NA VIDA DOS NETOS

VIAJANDO COM FILHOS – 15 DICAS PARA VIAJAR SOZINHA COM 2 CRIANÇAS

O QUE SEU FILHO QUER SER QUANDO CRESCER?

FESTA NA SELVA: ANIVERSÁRIO DE 6 ANOS DO LEO

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com)
Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

HOTEL FAZENDA CAPOAVA – NATUREZA E TRANQUILIDADE A 90KM DE SÃO PAULO | MACETES DE MÃE

HOTEL FAZENDA CAPOAVA – NATUREZA E TRANQUILIDADE A 90KM DE SÃO PAULO | MACETES DE MÃE

No vlog de hoje mostro tudo sobre nossa estadia no Hotel Fazenda Capoava, localizado em Itu, interior de São Paulo! O hotel tem um ar bem caboclo e conta com diversas instalações que garantem uma estadia muito gostosa. Os meninos puderam aproveitar desde o parquinho e a piscina até andar de caiaque nos lagos do hotel. Uma experiência muito gostosa que adorei compartilhar com vocês. Confiram!

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).

Confira outros vídeos que você irá curtir:

RESORT PARA IR COM CRIANÇAS NO NORDESTE – VIAGEM MDM
https://www.youtube.com/watch?v=0yD4P…

VIAGEM FIM DE SEMANA: RESORT MAVSA
https://www.youtube.com/watch?v=29lzG…

VIAGEM PARA MACEIÓ – VLOG
https://www.youtube.com/watch?v=PoXX3…

VIAGEM A DOIS | OS BENEFÍCIOS DE VIAJAR SEM OS FILHOS
https://www.youtube.com/watch?v=pppHK…

SALINAS MACEIÓ: O RESORT ALL INCLUSIVE! – VIAGEM MDM
https://www.youtube.com/watch?v=rglPR…

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Music by Epidemic Sound (http://www.epidemicsound.com)
Footage by Videoblocks (https://www.videoblocks.com) and Envato Elements (https://elements.envato.com/curated)

ALIMENTAÇÃO DA MÃE E AS CÓLICAS DO BEBÊ: O QUE DEVO EVITAR? | MACETES DE MÃE

ALIMENTAÇÃO DA MÃE E AS CÓLICAS DO BEBÊ: O QUE DEVO EVITAR? | MACETES DE MÃE

O assunto do vídeo de hoje foi uma sugestão da seguidora Cinthia Maria Bezerra, que pediu para falarmos um pouco sobre a alimentação da mãe deve ter para evitar que o bebê tenha cólicas.
Atualmente, não existe um consenso médico sobre o fato de que o que a mãe come irá influenciar na cólica do bebê, já que isso “passa” pelo leite. Alguns médicos dizem que tem sim influência, e orientam cortar outros alimentos. Outros dizem que isso é bobagem.
Bom, vou falar por experiência própria, ok?
Leo teve APLV, alergia à proteína do leite de vaca e, em função disso, assim que o Caê nasceu o pediatra me orientou a fazer uma dieta restritiva, tirando leite e derivados da minha alimentação, por pelo menos 6 meses, para evitar que o contato do Caê com o leite de vaca, através do meu leite, levasse-o a desenvolver também alergia à leite.
Desde que eu cortei o leite da minha dieta, o Caê nunca teve cólica. Ou seja, eu cortei esse alimento em específico (leite e derivados) e o meu pequeno não teve cólicas. Foi coincidência? Pode ser que sim, mas eu, intuitivamente, tendo a acreditar que não.
Mas e os demais alimentos? Temos que cortar para as crianças não terem cólica? Como eu disse, alguns médicos dizem que sim e outros dizem que não. Tenho amigas que também relataram comer de tudo durante a amamentação e os filhos nunca terem tido uma única cólica.

Mas, por via das dúvidas, vou comentar aqui, com vocês, quais são os alimentos tidos como causadores de cólica em bebês e que as mães devem evitar consumir no período que estão amamentando:

Feijão – o grão é conhecido por provocar gases. Isso acontece pois algumas partículas de carboidratos do feijão e de outras leguminosas como ervilha, lentilha, soja e vagem não são absorvidos pelo nosso organismo e fermentam, criando os gases. Às vezes eles são expelidos sem incomodar, outras não. Varia de pessoa para pessoa e até mesmo de um dia para outro.
Brócolis – outro alimento conhecido por causar gases. Junto com ele entram a couve, a couve-flor e o repolho. O causador dos gases é o enxofre que está na composição dos alimentos. Isso pode passar pelo leite e incomodar também seu bebê
Leite de vaca – Já ouviu falar que algumas pessoas não conseguem digerir o leite de vaca, não é? São os intolerantes à lactose. Essas pessoas, quando comem leite e derivados podem ter mal estar estomacal, intestinal, gases e diarreia. Isso ocorre nos bebês também e, às vezes mesmo se o leite não faz mal para nós, pode incomodar o organismo do nosso filho.
Chocolate – é uma crueldade falar para as mães que o chocolatinho que elas têm vontade de comer dá mal estar em seus bebês. Bom, então vamos deixar claro que esse é um dos alimentos que menos se tem dados científicos para relacionar a ingestão pela mãe com a cólica nos bebês que mamam no peito. Uma das hipóteses é que tenha a ver com o leite que tem no chocolate.
Cebola, café, chás com cafeína – estes alimentos entram também na lista dos possíveis causadores de agitação e mal-estar digestivo nos bebês. Mas de novo, as comprovações científicas são muito incipientes. Use do seu bom-senso, sempre! Um cafezinho não vai fazer tão mal assim ao seu bebê, mas dez podem ser realmente ruins.
E aqui, uma dica final que eu gostaria de dar: antes de sair cortando tudo da alimentação, observe o que acontece com seu filho conforme o alimento que você come. E vá ajustando a sua dieta conforme o bem estar de vocês. Ao perceber que um ou outro alimento piora as reações, tente evitar ou cortar da dieta enquanto estiver amamentando.

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).
Confira outros vídeos que você irá curtir:

COMO ALIVIAR A CÓLICA DO BEBÊ

ALERGIA À PROTEÍNA DO LEITE DE VACA – APLV

LEITE MATERNO: COMO EXTRAIR E ARMAZENAR DE FORMA SEGURA

DICAS PARA OS 3 PRIMEIROS MESES

RECÉM NASCIDO – 10 DICAS INCRÍVEIS PARA MÃES QUE ACABARAM DE TER UM BEBÊ

https://www.macetesdemae.com/
https://www.facebook.com/macetesdemae/
https://www.instagram.com/macetesdemae/

https://br.pinterest.com/macetesdemae/

Produção:
https://www.laranjaazul.com.br/

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup